Como arranjar espargos frescos

Ao iniciar esta rubrica pretendo esclarecer algumas dúvidas que muitas pessoas têm e me vão colocando. Como não sou chef nem tenho curso de cozinha, aquilo que explicarei aqui são apenas a forma como eu costumo fazer as coisas e cujos resultados me agradam. Se alguém souber fazer de uma maneira mais correcta, ficava muito agradecida se me explicasse, uma vez que estou sempre a aprender e adoro conhecer diferentes formas de cozinhar. Com a experiência, muitos dos "truques" que uso na cozinha vão evoluindo. À medida que se vai ganhando confiança e experiência, vemos que existem formas mais eficazes de atingir o mesmo objectivo.
Não tenho qualquer pretensão que esta rubrica se torne numa espécie de escola de cozinha. Como já disse, são apenas esclarecimentos de dúvidas, atalhos para se chegar a um objectivo, para que quando se depararem com uma receita, a saibam fazer, sem medo.
A primeira coisa que gostava de ensinar e porque já mo pediram várias vezes, é como arranjar espargos frescos.
Passo 1: Lavá-los

Passo 2: Pegar no espargo e dobrá-lo até que parta, deitando fora a base que se se solta. Esta é a parte do 
espargo que já não está boa para se comer.
Passo 3: Com um descascador de batatas, e com cuidado, retirar a parte de fora, não tocando na ponta de cima. Fazer isso com todos os espargos.

Passo 4: Levar a cozer em água a ferver temperada com sal, cerca de 5 minutos ou até estarem cozidos ( mas não demais). Eu costumo escolher um espargo e, para ter a certeza que está no ponto, retiro-o e corto um pedacinho da base, provando-o. Se estiver fibroso, volto a meter no tacho.
Mal estejam cozidos, retirar com uma escumadeira e deitar numa taça com água fria e cubos de gelo, para travar a cozedura.
Servir com o molho da vossa preferência: manteiga derretida, maionese, holandês, etc...

26 comentários:

  1. Obrigada pelas dicas Luísa. Por aqui, Chaves, para os legumes ficarem verdes depois de cozidos, adiciono um pouco de água das Caldas na cozedura :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria José, acredita que eu acabei de cozer os espargos e deitei for a água da cozedura. pensei logo:" Que ursa! Podia ter feito um bom risotto". Neste caso, como comi os espargos apenas com molho, não ia usar a água, mas podia ter congelado

      Eliminar
  2. Adorei esta dica, gosto muito de espargos mas não sabia como arranjá-los, obrigada Luísa, vou continuar a seguir esta rubrica :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felicidade, se tiver algumas dúvidas, não hesite em colocá-las, também

      Eliminar
  3. Acho que esta dica vai ser um sucesso. Todos nós temos truques na manga, claro, e é sempre bom ver os truques dos outros. Por exemplo, eu não sabia que se podia partir os espargos para separar as partes (normalmente corto com uma faca). Costumo é utilizar a parte que não se come para cozinhar em água e aproveitar esse caldo para fazer um arroz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca tinha pensado nisso. Que excelente ideia

      Eliminar
  4. Adorei esta dica,...obrigada pela partilha!
    Beijinhos e bom ano 2014!
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Eu é que agradeço por ter vindo espreitar

      Eliminar
  6. Adoro estas dicas. Esta já conhecia e faço sempre todos estes passos, mas há sempre tantas coisas que não sabemos. Obrigada pela partilha. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Eu uso muito espargos verdes, e arranjo-os de forma muito parecida com a tua. Apenas não os descasco, porque isso retira-lhes muito sabor, só os lavo muito bem em água corrente..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. A única coisa que não faço é descascar de resto faço igual e adoro espargos :)

    ResponderEliminar
  9. Para retirar a ponta fibrosa também faço assim e corre lindamente. Só não os descasco.

    Obrigada pelas dicas e pelo lindo blogue.

    Beijinhos
    Paula
    http://cookit-simple.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Boa dica! Obrigada

    http://myrestaurant.pt/

    ResponderEliminar
  11. já os comprei!!! Logo ja experimento :)
    Já agora eu já comi grelhados e gostei imenso... Presumo q tb s deve fazer assim... o 1.º passo)

    ResponderEliminar
  12. Olá Luisa
    Comprei hoje Espargos de que gosto muito, mas nunca fiz em casa. Vim à net e caí no "teu Mundo"! Adorei as dicas! Sei que os espargos são muito ricos em anti-oxidantes e que se deve comer um por dia, liquefeito, misturado com o sumo da manhã (é anti cancerígeno). Obrigada pela partilha. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  13. Obrigado pela partilha!

    ResponderEliminar
  14. Luisa, comprei espargos ontem pela primeira vez e já em casa comecei a ficar preocupada com o dinheiro que gastei... 'E agora, como é que vou fazer para cozinhar isto???? Deixa cá ver se a Luisa já fez' e dei de caras com isto!!! Obrigada, de facto uma forma fácil e muito simples de explicar a forma de preparar espargos, que gosto tanto e nunca me tinha aventurado a comprar!!!
    Titá Negrão

    ResponderEliminar
  15. Luisa,descobri hoje este blog maravilhoso pela sua simplicidade e humildade. Apanhei uns espargos selvagens e preparei os como explicou mas acontece que amargam bastante. Sera por serem selvagens? Apanhei 2 molhos e no fim nao consegui comer nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não comeu porquê?
      Por serem amargos?
      Mas que pena eu não estar perto de si. Para mim esses são os mais saborosos. Já lá vão uns aninhos que também apanhei dos selvagens e foi um consolo.
      Bom fim de senana

      Eliminar
  16. Alguma dica como fazer os espargos grelhados ??

    ResponderEliminar