Bolo antigo de ananás

Devia ter uns 9 ou 10 anos quando fui a uma festa a casa da Margarida, uma amiga minha da escola. Lá, vi, pela primeira vez, um bolo coberto de rodelas de ananás, com um aspecto maravilhoso. Comi uma fatia desse bolo e, ao fim de mais de 30 anos ainda me lembro de como adorei.
Cheguei a casa e falei desse bolo. Sendo de uma família de cozinheiras e doceiras exímias, esperava que me fizessem um igual. Mas, ignoraram o meu pedido e passei anos a sonhar com esse bolo, dourado e húmido, continuando a comer Croque en bouche, Folhados de framboesa e Florestas Negras que não me saciavam a minha gula infantil. Era apenas uma bolo de ananás! Custava muito terem feito um bolo de ananás?
Obviamente que estou a brincar e não fiquei, de forma alguma traumatizada com a situação. Mas que queria um bolo desses, queria.
Mas, já estava casada quando a minha avó me ofereceu um livro velho. Tão velho que se estava a desfazer e tive que colar a lombada com fita cola. Mas, imaginem o meu espanto quando ao abrir "O meu livro de Pastelaria " da Vaqueiro, encontrei a minha receita. 
E é essa mesma receita, roubadinha do livro que vos trago aqui hoje. Só substituo a Vaqueiro por manteiga porque nunca experimentei cozinhar com margarinas.

Para a massa:

200g de açúcar
200g de manteiga amolecida ( coloquei 30 segundos no microondas, sem deixar derreter )
300g de farinha com fermento
4 ovos
1dl de leite
1 lata grande de ananás em calda

Para o caramelo:

250g de açúcar
Gotas de sumo de limão

Aquecer o forno a 170º
Começar por escorrer o ananás.
Numa sertã colocar o açúcar e as gotas de sumo de limão até alourarem. Com este caramelo forra-se completamente uma forma de buraco. Usar um pano de cozinha para manusear a forma e não se queimar.
Deixar o caramelo arrefecer e untar a forma com manteiga. De seguida, cobrir o fundo e os laterais com o ananás.
Entretanto bater a manteiga e o açúcar até ficar um creme claro. Juntar os ovos, um a um e, no fim, o leite a farinha peneirada, alternados.
Deitar a massa na forma e levar ao forno cerca de 40 minutos ou até estar cozido ( espetando um palito, este deve sair seco ).
Desenformar para um parto de servir e deixar arrefecer.


 PS: As receitas deste livro são excelentes e ainda é possível encontrá-lo à venda na internet.

45 comentários:

  1. Eu comprovo a excelencia das receitas desse livro. Herdei um da minha mãe. O meu bolo favorito? O Favo de Caramelo.
    Deliciosos
    Beijinhos
    Rosario
    http://come-bebe-sorri-e-ama.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca experimentei esse. Já fiz o de chocolate, o de laranja, o de maçãs. Todas as receitas são óptimas

      Eliminar
    2. Eu tinha esse livro e desapareceu tenho tanta pena, fazia um bolo de caramelo coberto com nozes que era uma delicia, agora não tenho a receita.

      Eliminar
  2. As receitas antigas têm muita magia e saber. Esse bolo é de certeza uma delicia, e já está na minha lista de bolos a experimentar. Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
  3. Também tenho esse livro, era da minha mãe, e também já colado com fita cola...:) Um bom livro. E essa receita nunca fiz mas parece deliciosa!
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helena, até a massa é deliciosa. Mas, com o caramelo e o ananás fica do outro Mundo

      Eliminar
  4. Confirmo, o favo de caramelo é muito bom e o bolo de ananás também, fica húmido e fresquinho, delicioso. O livro com fita-cola ainda parece ter mais histórias para contar, mostra que é bom, que foi usado e continua a ser, adorei :)

    ResponderEliminar
  5. Adoro todos os doces deste livro, ainda sobrevive cá em casa....... apesar de ter as folhas separadas. Cecília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu também já está mesmo velhinho mas adoro-o

      Eliminar
  6. Não resisto a dizer que este bolo tem um ar opíparo! :)
    Quero esse livro. Não resisto a um livro antigo de culinária.

    ResponderEliminar
  7. esta lindo o bolo. So me faz lembrar o bolo dr ananas que a minha mae fazia que era fantastico...

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este bolo devia chamar-se Bolo das Memórias

      Eliminar
  8. bem queria o livro mas nao encontro.. onde o vendem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este livro tem 40 anos ou mais. Só deve encontrar em alfarrabistas ou alguém que o tenha à venda na net

      Eliminar
  9. A minha mãe tem esse livro. E nas festas de aniversário era normal fazer o bolo de ananás. Maravilhoso, garanto eu também!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta fazer as receitas de lá. Saem todas bem e fazem-nos sentir um bocadinho no "antigamente "

      Eliminar
  10. Roubo a receita Luísa uma vez que não tenho o livro. Adoro esses tesouros velhinhos cheios de coisinhas boas,

    beijinhos e obrigada por partilhares!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mariana, como este livro tem receitas óptimas e é difícil de encontrar, vou fazendo mais umas receitas, para quem não o tem

      Eliminar
  11. Oh Luísa, este bolo faz-me lembrar as minhas festas de infância...quase consigo sentir o cheiro!
    obrigada pela receita agora já posso fazer :))

    ResponderEliminar
  12. Adoro esse bolo a minha avó costumava faze-lo mas depois de feito e tirado do forno, regava-o com o sumo do ananás. Bjinhos!!

    ResponderEliminar
  13. Que maravilha.. deve ser óptimo.. estou a babar.. e curiosa com o tal Favo de caramelo...ahahaha.

    Beijinhos e quando fizer mando foto - sim porque vou fazer e brevemente.. :)

    beijinhos
    mafalda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mafalda, vá espreitar a Receita do Favo de Caramelo

      Eliminar
  14. Uma receita intemporal! Bolo de ananás é um bolo de gerações :)

    ResponderEliminar
  15. Este bolo é mesmo uma viagem à infância e traz muito boas memórias. :)
    Agora uma pergunta, assim para os mais leigos como eu: para fazer o caramelo, não é necessário juntar também água ao açúcar?

    ResponderEliminar
  16. Luisa unta-se a forma com manteiga sobre o caramelo? muito obrigada

    ResponderEliminar
  17. O aspeto deste bolo é divinal. Que recordações.
    Amanhã darei uso à sua receita, esperando que me saia assim tão bem :)

    ResponderEliminar
  18. Podem mandar a receita do de laranja ? Obrigada :) tb faz parte da minha infância ....

    ResponderEliminar
  19. Adorei a receita do bolo de ananás obg Lurdes Meneses

    ResponderEliminar
  20. Eu já sou da terceira idade e tenho este livro Foi editado pela vaqueiro. Tem receitas bem boas.

    ResponderEliminar
  21. Onde posso comprar o livro das receitas da Vaqueiro "O Meu Livro de Pastelaria"?

    ResponderEliminar
  22. Se precisarem de alguem para provar os bolos, nao hesitem...digam-me qualquer coisa.

    ResponderEliminar
  23. Onde posso encontrar esse livro a minha mae tinha um muito velhinho, agora encontro me nos Estados Unidos e gostava de o comprar, o bolo de ananas e o meu prefer ido neste livro, se alguem souber onde posso comprar ou se alguem puder digitalisar todas as receita do livro eu agradeco.
    Julia

    ResponderEliminar
  24. Esse bolo é uma delícia. A minha mãe fazia-o muitas vezes e juntava nozes partidas grosseiramente à massa. É o nosso bolo de Natal. Agora que a minha mãe tem Alzheimer, cabe-me a responsabilidade de o fazer. Fará sempre parte da nossa família. <3

    ResponderEliminar
  25. Esse bolo é uma delícia. A minha mãe fazia-o muitas vezes e juntava nozes partidas grosseiramente à massa. É o nosso bolo de Natal. Agora que a minha mãe tem Alzheimer, cabe-me a responsabilidade de o fazer. Fará sempre parte da nossa família. <3

    ResponderEliminar
  26. Ola boa tarde
    Fiz hoje o bolo ta uma maravilha
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Luisa, ao barrar a forma com manteiga, depois não é necessário polvilhar com farinha?

    ResponderEliminar
  28. Muito obrigada pela partilha! Ficou muito bonito. Acabou de sair do forno. Estou mortinha por provar!!!! É muito simpático da sua parte dar um bocadinho de si para quem quiser aproveitar!!!!❤

    ResponderEliminar
  29. Muito obrigada pela partilha! Ficou muito bonito. Acabou de sair do forno. Estou mortinha por provar!!!! É muito simpático da sua parte dar um bocadinho de si para quem quiser aproveitar!!!!❤

    ResponderEliminar
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  31. Muito obrigada pela partilha! Ficou muito bonito. Acabou de sair do forno. Estou mortinha por provar!!!! É muito simpático da sua parte dar um bocadinho de si para quem quiser aproveitar!!!!❤

    ResponderEliminar